No fim-de-semana de 24 e 25 de Julho, os Troféus de Naked Bikes (TNB), seguiram pela primeira vez nesta época, ao fantástico Autódromo Internacional do Algarve, para a sua 4ª ronda e 3ª no CNV Moto, com uma estreia e algumas surpresas.

Infelizmente, as naked bikes dos troféus Tuonocup e Zcup viram a sua participação reduzida de dois pilotos, uma Tuono e uma Z, mas tal não as impediu de animarem e bem a recheada grelha partilhada com as TLC.

A estreia desta ronda, foi a naked da BMW, a S1000R pelas mãos do conhecido piloto Rui Marto que gentilmente acedeu participar nesta experiência. Ainda numa versão protótipo, ie, com componentes ainda em desenvolvimento sobre a base com que é comercializada e que foi gentilmente cedida pela BMW Motorrad Portugal, o foco do promotor dos TNB foi para além de cumprir com as exigências de segurança do Regulamento Nacional de Velocidade, validar opções de série e detalhes importantes para a sua eventual entrada nos Troféus de Naked Bikes da próxima época. A moto mostrou logo o seu potencial e não passou despercebida tanto no paddock como na pista, mas já lá vamos!

Treinos Cronometrados

Nos treinos cronometrados, as Aprilia Tuono da Tuonocup tomaram conta da 1ª linha, com Bogdanov (#07) a fixar a pole à geral no minuto 1:54,444, acompanhado pelas Tuono de Vicente (#62) e do regressado Amaral (#10).

De entre os 27 participantes que formaram a maior grelha do fim-de-semana, a linha 2 ficou repartida entre pilotos dos três troféus em liça, com João Curva da TLC a conseguir fazer melhor que Luis Franco da Tuonocup (#22) e Ricardo Pires da ZCUP (#14), repetindo-se, na linha 3, idêntico cocktail, mas desta vez a ser a Tuono de Miguel Sousa (#5) a fazer melhor que a Z de Frédèric Bottoglieri (#99) que por sua vez superou a TLC de João Vieira. A “Z” de Marcos Leal (#73) ficou na frente da linha 5, com a outra Z, a de Chris Doremalen (#15), a conseguir fechar os que qualificaram nos 120% do tempo da pole position.

A fechar a grelha de partida, ficou o protótipo da S1000R nas mãos de Rui Marto (#37) depois da moto recusar-se a trabalhar para a Qualificação. Felizmente, a moto já tinha rodado dentro dos 120% durante os treinos livres o que permitiu que esta alinhasse à partida. Uma estreia que muito promete, mas que começou com este soluço, próprio dos projectos em desenvolvimento, a que Rui Marto gentilmente acedeu se associar a convite do promotor dos Troféus de Naked Bikes e da BMW Motorrad Portugal. Algo a seguir com (muita) atenção e a detalhar mais adiante.

Corrida 1

Na corrida de sábado, a Tuono de Amaral falha o arranque e é a Tuono de Vicente quem faz o holeshot, na frente da de Bogdanov, da TLC de Curva, da Tuono de Franco e da Z de Bottoglieri, com os restantes mergulhados no animado cocktail TNB/ TLC.

No final da volta 1, a Tuono de Amaral já tinha recuperado até 10º enquanto as Tuono de Vicente e Bogdanov fugiam lá na frente. Este duelo dura até à volta 6 com estes a forçarem o ritmo, a baterem os seus recordes pessoais nestas motos e a serem os únicos a rodar no segundo 53!

À sétima volta, Bogdanov decide ir para a frente, vencendo a corrida (mais uma!?!), seguido pela Tuono de Vicente e pela de Amaral que, de faca nos dentes, recupera até à terceira posição da geral! Muito bom!!

A Tuono de Franco faz P5, atrás da TLC de Curva, seguido da melhor Z, a da Bottoglieri, com Marto a levar o protótipo S1000R de último a P7, conseguindo logo na primeira volta “despachar” 14 concorrentes sem “riscar a moto”!! Excelente e auspiciosa estreia!! A seguir à BMW, fica a Z de Pires, com a Tuono de Sousa a fazer P11 na frente da endiabrada dupla formada pela TLC de Vilar e a Z de Leal! Doremalen na sua Z perde a frente na curva 5 da volta 5 registando o seu primeiro DNF de sempre. Acontece, faz parte! Siga!!

Corrida 2

Na corrida de Domingo, a Tuono de Vicente volta a fazer o holeshot, mas desta vez só resiste 2 voltas, pois Bogdanov decide ir para a frente mais cedo. Vicente ainda consegue recuperar a liderança da corrida na volta 6 que volta a perder na volta 8! Um duelo que ferveu até que as dobragens vieram arrefecer a refrega, voltando Bogdanov a vencer a corrida. Está imbatível “o russo” da Tuonocup, pois à sétima vitória consecutiva, soma o recorde das Tuono no AIA fixado-o agora em 1:53,563. Fantástico!!

Atrás da Tuono de Vicente, Curva do TLC faz P3 à geral, a 28s dos da frente, seguido pela Tuono de Franco que teve de se aplicar para superar a outra de Sousa, com Pires a vencer nas Zs, depois de animados duelos com Bottoglieri. Este teve de desistir com uma avaria na electrónica, assim como a Tuono de Amaral, depois de uma peseira ceder logo no arranque. Esta época as coisas não andam a correr de feição ao vencedor da Tuonocup de 2020. Quem podia também ter somado um DNF foi a Z de Leal, que salvou umas (quase) quedas, com uma delas in extremis “a la Marc Marquez”, subindo assim a P2 da Zcup, com Doremalen a aguentar as dores da queda do dia anterior, e a subir, pela primeira vez, ao pódio das Zs. Parabéns!!

Marto com o protótipo S1000R, faz melhor que na primeira corrida e sobe 17 posições logo na primeira volta (?!), fixa o melhor tempo desta moto nesta pista em 1:57,377 mas acaba por ter de desistir com fadiga nos travões dianteiros. Bom, é para isto que servem os testes.

De realçar a visita do Presidente da ANSR, o Sr. Prof. Dr. Rui Ribeiro, acompanhado do seu assessor, o Dr. Pedro Miguel Silva que vieram respirar o ambiente e sentir o lema “Acelerem nas pistas e não nas estradas!” que caracteriza os troféus Tuonocup e Zcup que a ANSR simbolicamente apoia. Não é comum ver os mais altos responsáveis das instituições que nos governam vir ao terreno para ver, sentir e comunicar com aqueles que são influenciados e orientados pelas instituições às quais presidem. Uma atitude absolutamente louvável que só pode ser largamente aplaudida.

Os participantes dos Troféus Tuonocup e Zcup, despedem-se de Portimão por algumas semanas, regressando a este circuito já nos próximos dias 14 e 15 de Agosto, para voltarem a fazer o que mais gostam no sítio certo.

Fotos de Vitor Schwantz Barros e Hellofoto

Tuono Cup

TNB 4

Podiums

Este artigo foi publicado igualmente em https://zcup.pt/2021-tnb4-zcup/